Loading Posts...

Escolher uma placa de vídeo para jogos pode ser uma mais difícil do que se espera.

Isso porque há muitas opções no mercado, de marcas e funcionalidades distintas.

Esses componentes são bem complexos, com RAM e processadores próprios, além de contar com clocks diferentes.

Que em alguns casos, pode até assustar os usuários de “primeira viagem”.

Para quem está procurando uma placa de vídeo para jogos, algumas funcionalidades e características devem ser observadas.

Fatores como custo-benefício, conectividade e consumo de energia são alguns que devem ser levados em consideração antes da escolha.

Saiba mais a seguir:

Placa de Vídeo para Jogos: Fatores para Levar em Consideração na Escolha

Antes de escolher a placa de vídeo para compor o seu PC gamer, leve em consideração os pontos abaixo:

Interface

As placas de vídeo para jogos são conectadas diretamente na placa mãe de seu computador.

Por conta disso, é preciso saber quais são os conectores utilizados pela placa mãe.

As placas de vídeo para jogos mais modernas possuem interfaces PCIe 16x.

Alguns modelos mais antigos se conectam por meio de interfaces que podem ser AGP e PCI 3.0.

Antes de investir em uma placa de vídeo nova, o usuário deverá se certificar que a placa mãe possui a mesma interface para suportar o componente.

Custo por Frame

O custo-benefício é um dos fatores que devem ser observados ao escolher uma placa de vídeo.

E a melhor forma de se analisar se vale a pena ou não comprar determinado componente, é analisando o seu custo por frame.

Basicamente, o custo por frame é quanto o usuário pagará por FPS gerado por sua nova placa de vídeo para jogos.

Na maioria das vezes, ter o melhor desempenho ou o melhor preço não quer dizer, necessariamente, que o usuário fará o melhor negócio.

Para se chegar ao custo por frame, o usuário deverá somar o total de frames que é gerado pela placa, pegar o resultado e dividi-lo pela quantidade de testes realizados.

Por exemplo: 300 FPS/10 testes = 30 frames por segundo.

No fim da soma, o usuário deverá pegar o valor médio da placa de vídeo e dividi-los pela média de FPS gerado pela placa, chegando ao seu custo por frame.

Saídas de Vídeo

O seu monitor e a placa escolhida deverão possuir entradas e saídas de vídeos compatíveis, senão o investimento para o usuário será maior.

Antes de escolher entre várias placas de vídeo para jogos, é necessário se certificar se o seu monitor possui entradas HDMI e/ou DVI.

Nessa situação, o monitor será compatível com os modelos mais recentes disponíveis no mercado.

A seguir, fizemos uma lista com as 6 melhores de placas de vídeo para jogos.

Antes de escolher um novo componente para integrar o seu PC Gamer, dê uma olhada nas análises abaixo.

As Melhores Placas de Vídeo Gamer

Separamos 6 modelos que achamos bons o suficiente para você que está escolhendo e comprando o seu novo setup. Ou até mesmo atualizando.

Lembrando que essa opinião é pessoal e com base em alguns testes realizados por diversos profissionais.

Sinta-se a vontade para discordar da minha opinião nos comentários.


1. Radeon RX 470

Essa placa de vídeo foi lançada no ano de 2016 pela AMD e utiliza um processador gráfico utilizando a arquitetura Polaris.

Sendo um componente perfeito para os usuários que desejam uma experiência em Full HD.

A Radeon RX 470 possui um ótimo custo-benefício e foi desenvolvida, especialmente, para computadores voltados para os esportes eletrônicos, proporcionando um excelente desempenho em performance.

Prós: Excelente custo-benefício e perfeita para jogos com multiplayer competitivo.

Contras: mesmo sendo capacitada para rodar jogos em realidade virtual, a placa pode deixar a desejar em algumas situações.


2. Geforce GTX 970 (A “Velha Conhecida” Entre as Placas de Vídeo para Jogos)

Velha conhecida dos gamers mais antigos, a Geforce GTX 970 é uma excelente opção para quem está procurando uma experiência equilibrada entre desempenho e qualidade.

Antes do lançamento das placas de vídeo para jogos de nova geração da AMD e NVIDIA em 2016, a Geforce GTX 970 possuía o melhor custo-benefício da categoria.

A Geforce GTX 970 é perfeita para quem quer ter uma experiência de alto desempenho por um preço que cabe no orçamento.

Prós: Bom custo-benefício, bom equilíbrio entre qualidade e perfomance.

Contras: Apesar de ser uma boa placa, há modelos da mesma categoria que podem apresentar funcionalidades superiores.


3. Geforce GTX 1060

No Brasil, as versões da GTX 1060 da NVIDIA e da AMD seguem equilibradas entre qualidade, desempenho e custo-benefício.

Diversos testes já foram realizados e sites especializados não conseguiram definir um vencedor entre a placa da NVIDIA e a da sua rival, AMD, considerando um empate técnico.

A Geforce GTX 1060 é indicada para usuários que desejam um alto desempenho em seu computador, com uma qualidade de imagem que pode superar o Full HD.

Com um excelente custo-benefício, essa placa oferece suporte a lançamentos e a jogos de realidade virtual.

Prós: Excelente custo-benefício, grande experiência em resolução de imagem e desempenho gráfico.

Contras:


4. Radeon RX 480

Com um preço acessível e por oferecer uma experiência agradável para jogos que vão além do Full HD, a Radeon RX 480 conta com a nova arquitetura Polaris da AMD.

Isso acaba garantindo um consumo de energia mais eficiente.

O grande atrativo desse modelo é o custo-benefício, pois o preço da Radeon RX 480 é um dos melhores de sua categoria.

Essa placa de vídeo para jogos é indicada para quem deseja turbinar o computador com uma placa robusta, mas que tenha um preço que cabe no orçamento.

Prós: Excelente custo-benefício, bom equilíbrio entre qualidade de desempenho e definição de imagens.

Contras: Performance bruta mais modesta, o que pode decepcionar os usuários que estão montando um “computador da NASA”.


5. Geforce GTX 980

A Geforce GTX 980 é uma placa top de linha do ano de 2015, o que não deixa nada a desejar se for comparada com os modelos mais atuais.

Essa placa é indicada para gamers que desejam obter uma experiência sólida, pois essa placa de vídeo permite jogar nas configurações máximas da maioria dos jogos atuais.

É indicada especialmente para usuários que desejam um desempenho fora de série, não se importando muito com resoluções muito altas.

Prós: Excelente custo-benefício e desempenho em performance.

Contras: Pode decepcionar usuários que desejam imagens em uma definição Full HD ou maior.


6. Radeon R9 Fury X

A Radeon R9 Fury X é a placa de vídeo mais veloz disponível no mercado brasileiro.

Se torna perfeita para aqueles que desejam montar um computador gamer realmente potente.

Essa placa permite que o usuário rode jogos em qualidade superior a Full HD sem maiores dificuldades.

Essa placa conta com o padrão de memória RAM HBM, o que a torna mais eficiente do que o padrão GDDR5, presente na maioria das placas mais caras do que a Radeon R9 Fury X.

Para quem deseja uma placa de vídeo para jogos de última geração, essa é a escolha ideal.

Prós: É um componente que apresenta um bom custo-benefício e uma excelente qualidade gráfica e desempenho.

Contras: O seu valor pode ser considerado um pouco salgado para alguns usuários.


Placa de Vídeos para Jogos: Conclusão

Montar o setup ideal para o seu computador pode não ser a missão mais fácil do mundo. Em alguns casos, chega a ser bem confuso.

Se você estiver procurando uma placa de vídeo para jogos de alta performance, esse guia pode conter boas sugestões para você.

Mas lembre-se que essa não é uma regra e cabe apenas a minha opinião pessoal.

Se você tem alguma outra sugestão com melhores placas de vídeo gamer, por gentileza, compartilhe sua opinião nos comentários.

Voted Thanks!

Rafael Querido

24 anos, noivo da Lenise, consultor de marketing e gamer nas horas vagas. Me empenhando em criar o melhor site de games do Brasil!

Deixe um comentário

css.php